Weby shortcut

Sobre a CISSP/FANUT

Atualizado em 18/05/18 11:44.

APRESENTAÇÃO

A Comissão Interna de Saúde do Servidor Público da Faculdade de Nutrição da UFG (CISSP/FANUT) foi criada em 2012. Esse tipo de comissão foi definido pela Norma Operacional de Saúde do Servidor (NOSS) e os seus objetivos estão alinhados à Política de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (PASS). As CISSPs são um dos atores fundamentais para a implementação da PASS nos órgãos da administração pública, tendo por objetivos:

  • Propor ações voltadas à promoção da saúde e humanização do trabalho, em especial, a melhoria das condições de trabalho, prevenção de acidentes, de agravos à saúde e doenças relacionadas ao trabalho;
  • Propor atividades que desenvolvam atitudes de co-responsabilidade no gerenciamento da saúde e da segurança, contribuindo, dessa forma, para a melhoria das relações e do processo de trabalho;
  • Valorizar e estimular a participação dos servidores, enquanto protagonistas e detentores de conhecimento do processo de trabalho, na perspectiva de agentes transformadores da realidade.

ATRIBUIÇÕES

  1. Identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o mapa de riscos, com a participação do maior número de servidores, com a assessoria da equipe de vigilância e promoção à saúde dos servidores.
  2. Elaborar plano de trabalho que possibilite a ação preventiva na solução de problemas de segurança e saúde no trabalho.
  3. Participar da implementação e do controle de qualidade das medidas de prevenção estipuladas nas avaliações de riscos.
  4. Realizar, periodicamente, inspeções nos postos de trabalho com fichas de itens a serem inspecionados.
  5. Realizar, a cada reunião, avaliação do cumprimento das metas fixadas em seu plano de trabalho e discutir as situações de riscos que foram identificados, reunião feita com a equipe de vigilância e promoção à saúde dos servidores e com a diretoria.
  6. Divulgar aos demais servidores informações relativas à segurança e saúde no trabalho.
  7. Participar juntamente com a equipe segurança e saúde – PRODIRH/SIASS, das discussões promovidas pelo empregador, para avaliar os impactos de alterações no ambiente e processo de trabalho relacionado à segurança e saúde dos servidores.
  8. Requerer junto à diretoria e à equipe de segurança e saúde – PRODIRH/SIASS, a paralisação de máquina ou setor onde considere haver risco grave e iminente à segurança e saúde dos servidores.
  9. Participar, em conjunto com à equipe de segurança e saúde – PRODIRH/SIASS, ou com a diretoria da análise das causas das doenças e acidentes de trabalho e propor medidas de solução dos problemas identificados.
  10. Participar nos eventos a serem realizados com foco em segurança e saúde no serviço público.

EQUIPE 2018/2019

MSc. Camilla Alves Pereira Rodrigues - Presidente

MSc. Tiago Dias - Secretário

MSc. Aline Medeiros

Dra. Veruska Prado Alexandre

Dra. Elaine Meire de Assis

Listar Todas Voltar